AQUI A VERDADE!

AQUI A VERDADE!

Sandro Dálio

Minha foto
São Manuel, São Paulo, Brazil
Radialista há 33 anos. Jornalista MTB 37.152 - Proprietário do Porão Stúdios - Foi Radialista na Rádio Clube de São Manuel e na Rádio Nova São Manuel - Apresenta atualmente o 'Passando a Limpo' na Integração FM de São Manuel - Graduado em Marketing - Foi Ouvidor do Município de São Manuel - As matérias assinadas são de responsabilidade de seus autores.

LUAU DA ZARA NAS PISCINAS DO CLUBE RECREATIVO SÃO MANUEL!!!

LUAU DA ZARA NAS PISCINAS DO CLUBE RECREATIVO SÃO MANUEL!!!
IMPERDÍVEL!!! Mais informações na secretaria do Clube: 3841 2879

quinta-feira, 14 de junho de 2018

PREFEITO DE AREIÓPOLIS QUER COMPRAR AMBULÂNCIA E VAN PARA A SAÚDE; QUER REFORMAR PRONTO-SOCORRO; QUER MOBILIAR ESCOLAS MUNICIPAIS... Mas documentos provam que Vereadores Lucão e Bitú 'emperram' os pedidos, atrasando melhorias para a cidade!!!



O Presidente da Câmara Municipal de Areiópolis, Lucas Fiel, o Lucão, GARANTIU em novembro de 2017 que o dinheiro da Casa de Leis, usado em cirurgia plástica por uma funcionária, seria devolvido... de lá para cá, 07 meses se passaram, metade de um ano... E NADA!

Diante disso, o Blog Cornetando questionou o Presidente Lucão através do Facebook, 'in box', na última quinta-feira, 07/06, quando ele nos garantiu que na próxima terça-feira (12/06) abriria uma comissão para realizar os procedimentos para o processo de devolução da grana PÚBLICA usada na cirurgia... E DAÍ?

NADA... NADA... NADA!

Vejam parte da conversa com Lucas Fiel, Lucão, Presidente da Câmara de Areiópolis sobre o assunto:




Na conversa, Lucão GARANTE que na terça-feira, 12/06, abriria a comissão para a devolução dos aproximadamente 09 mil reais usados na lipoaspiração feita pela funcionária.

E O QUE ACONTECEU? Nadica de nada... o caso segue sendo arrastado por Lucão que, até nos prove o contrário, pretende acobertar o caso. Pelo menos é a conversa que corre na vizinha cidade!


RELEMBRE O CASO!!!




No dia 20/11/2017, conversamos com o Presidente da Câmara, Lucas Fiel, o Lucão. Na oportunidade foi questionado a respeito de uma denúncia sobre uma cirurgia envolvendo uma secretária da Câmara.

A conversa que corria pela cidade era de que ela teria passado por cirurgia plástica e o procedimento teria sido pago pela Câmara!!!

Escrevemos ao Presidente:
"E sobre uma cirurgia plástica. Mas se você sabe e não denunciou, é irregular"

Lucão teria respondido:
"É do mandato anterior. Foi eu quem apontou. Vou fazer eles devolverem. Tudo furada essas denúncias"

(Tudo furada... mas ele não diz que era Vereador à época da criação da Lei que permitiu a funcionária a passar pela cirurgia com dinheiro público e votou FAVORÁVEL à criação da mesma).

Escrevemos ao Presidente:
"Mas é aquela coisa né. Faz barulho. E se tiver fundamento, faz estrago. Nosso papel, enquanto imprensa, é ir atrás de esclarecimentos. É isso que vamos fazer. Vamos ao MP e ao Tribunal de Contas. Mas se você não deve, não teme, né irmão?"

Lucão respondeu com emojis de 'jóinhas' e essas palavras:
"Tudo tranquilo e favorável".

Nesta manhã de terça, 21/11, voltamos a escrever ao Presidente via Whatsapp:
"Bom dia Presidente. Estou terminando a matéria sobre a cirurgia plástica. Você poderia me dar mais detalhes? Ou é segredo a investigação?"

Tão logo visualizou a mensagem, Lucão nos telefonou e deu detalhes sobre o caso, confirmando que realmente houve a cirurgia e ela foi paga pela Câmara Municipal de Areiópolis, através de amparo numa Lei criada na gestão anterior e que não denunciou até agora porque estava levantando todos os documentos e preparando a denúncia.

A Lei foi criada para que a Câmara pagasse por procedimentos médicos que não eram cobertos pelo plano de saúde da Casa. A primeira cirurgia foi exatamente a lipoaspiração feita pela funcionária.

Segundo Lucão, o ex-Presidente da Câmara, Pedro dos Santos, já foi notificado e deverá devolver o valor gasto na cirurgia.
A funcionária não deve ser penalizada, já que, quando realizou o procedimento, estava amparada na Lei.

A cirurgia custou 09 mil reais!


E AGORA???




Lucão, além de não ter até agora instaurado uma comissão para que o dinheiro usado seja devolvido aos cofres públicos e, além de estar sendo investigado pelo Ministério Público por uso de veículo oficial de maneira irregular, segundo informações, também tem tentado barrar projetos importantes do Executivo. Pedidos que iriam beneficiar a população, mas que, por picuinhas políticas não estão sendo votados com desculpas esfarrapadas e infundadas!!!

O Blog foi fundo e traz agora documentos que provam nossa matéria!

Na segunda-feira, 11/06, um dia antes da Sessão da Câmara de Areiópolis, houve uma reunião entre o Vice-Prefeito Ciço (já que o Prefeito Toni Cadete estava viajando) e os Vereadores, para que os projetos do Executivo fossem esclarecidos e explicados aos legisladores.

Lucão não compareceu.

AGORA VEJAM ISTO:




Na Sessão, Lucão retirou da pauta o de número 30, que fala sobre a carga horária de Dentista. Segundo ele, foi retirado porque ele pediu explicações sobre o salário das Dentistas contratadas pelo município, mas o Prefeito não teria mandado nada.

Acontece que o Vereador Marildo, que participou da reunião com o Vice-Prefeito (visando ter maiores explicações sobre os projetos do Executivo), levou até à Câmara a tabela com todos os valores!!!




Como pode o Presidente da Casa de Leis simplesmente retirar da pauta, se as explicações estavam ali???

E OUTRA! No pedido, o Prefeito deixa claro que quer aumentar a carga horária das Dentistas simplesmente para melhorar o atendimento à população! VEJAM:



E O PIOR!!! E isso que vamos mostrar indica um suposto 'boicote' às coisas urgentes do município e irá trazer graves consequências à população de Areiópolis!!!

O Vereador Bitú pediu vistas do número 29, que fala sobre a abertura de crédito suplementar especial no orçamento vigente.

ORA! Ao não colocarem em votação verba carimbada do Estado e verba Federal, Lucão e Bitú atrasam a compra de ambulância e van para transporte de pacientes, reforma do PS da cidade e estrutura mobiliária para as escolas municipais!!!

VEJAM:






Agora, o questionamento é o seguinte:

Vereadores assim, querem realmente o melhor para Areiópolis ou se trata apenas de uma guerra política, o poder pelo poder?
Se tudo está explicado; se houve reunião para esclarecimentos; se documentos foram apresentados e demonstram que tudo é para a melhoria de vida da população da cidade, porque Vereadores como Lucão e Bitú simplesmente ignoram e preferem 'emperrar' o andar da carruagem?

Cidades como São Manuel e Areiópolis, há anos, sofrem com picuinhas políticas, formadas por grupos interessados pelo poder e pela manipulação da massa social.

É hora de politicar em prol das pessoas, dos cidadãos e do crescimento de Areiópolis.

Ao que tudo indica, o Prefeito Toni Cadete terá uma árdua batalha contra aqueles que querem proibir que a cidade melhore para seu povo.

Está mais do que na hora da população ficar de olhos abertos... peneirar as informações e ver quem realmente quer trabalhar por Areiópolis, lutando contra esses 'interesses do próprio umbigo' por parte de alguns Vereadores.

Ou quem sofrerá, infelizmente, será a cidade que os areiopolitanos amam... e consequentemente, seu povo, que tando almeja por um município melhor.


PREFEITO E VICE DE PRATÂNIA FORAM INOCENTADOS EM ACUSAÇÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO!!!
Nada de ilegal foi encontrado!




A Justiça deu parecer favorável, e absolveu o Prefeito e o Vice-Prefeito de Pratânia, Davi e Osmir, que eram investigados pelo Ministério Público do estado De São Paulo.

A promotoria suspeitava de improbidade administrativa.

No ano passado, o MP em São Manuel abriu uma ação civil pública, depois que a Câmara aprovou um aumento de salário do Prefeito e do Vice-Prefeito.

O reajuste havia sido foi aprovado pela Câmara de Vereadores, por seis votos a três. E chamou a atenção do Ministério Público pelo percentual de aumento dos subsídios. O MP chegou a pedir a devolução dos valores recebidos.

No entanto, em despacho feito esta semana, o juiz Luís Fernando Camargo de Barros Vidal, concluiu que não houve irregularidade no processo, uma vez que o aumento está amparado pela Constituição Federal de 1988, no artigo 29, inciso V.

Em trecho da decisão, o juiz esclarece que “inexiste improbidade administrativa na espécie porque o reajuste se deu em conformidade com a regra do art. 29, inciso V, da Constituição Federal, e que inexiste violação dos princípios da administração pública tendo em vista que os agentes políticos do Executivo não participaram do processo legislativo e porque os valores são compatíveis com os praticados em outras municipalidades indicadas nos autos.”

Com informações do Portal G1


EM TEMPO
Davi e Osmir, em breve, estarão no Passando a Limpo da Integração FM para falar sobre o assunto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não tema! Diga sua verdade... No final, é sempre ela que prevalece!!!

AS POSTAGENS MAIS ACESSADAS!!! PARA LER QUALQUER UMA DELAS, BASTA CLICAR NA MANCHETE DA NOTÍCIA!

Arquivo do blog

ATENÇÃO!

As matérias assinadas são de total responsabilidade de seus autores.