AQUI A VERDADE!

AQUI A VERDADE!

Sandro Dálio

Minha foto
São Manuel, São Paulo, Brazil
Radialista há 32 anos. Jornalista MTB 37.152 - Proprietário do Porão Stúdios - Foi Radialista na Rádio Clube de São Manuel e na Rádio Nova São Manuel - Apresenta atualmente o 'Passando a Limpo' na Integração FM de São Manuel - Graduado em Marketing - Foi Ouvidor do Município de São Manuel - As matérias assinadas são de responsabilidade de seus autores.

VEM AÍ... A TRADICIONAL "NOITE TROPICAL" DO RECREATIVO SÃO MANUEL!!!

VEM AÍ... A TRADICIONAL "NOITE TROPICAL" DO RECREATIVO SÃO MANUEL!!!

segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

PAI E FILHO MORREM ATROPELADOS NA RODOVIA MARECHAL RONDON EM SÃO MANUEL!



Um homem morreu atropelado na tarde deste domingo (08), por volta das 15 horas, no quilômetro 272 da Rodovia Marechal Rondon (SP-300), em São Manuel.

De acordo com informações da Polícia Militar Rodoviária, Nelson Ribeiro, de 57 anos, estava caminhando pelo acostamento da rodovia e levava em seus ombros o filho Kauan Ribeiro, de 1 ano e 11 meses.

No citado quilômetro, eles foram atingidos por um veículo Nissan Versa, com placas EZQ 2113  de Sorocaba, que trafegava sentido interior/capital.

Segundo testemunhas, o condutor saiu da pista e atropelou as duas vítimas no acostamento.

As vítimas foram arremessadas a 20 metros de distância! O pai morreu no local e a criança foi socorrida para o Pronto Socorro da Unesp, mas não resistiu a gravidade dos ferimentos e morreu.

O condutor Yoshimi Saito, Japones, de 62 anos, não se machucou.
Os passageiros foram socorridos ao PS de São Manuel com lesões leves e foram liberados.

O veículo foi liberado e levado para a cidade de Sorocaba.

A Polícia Científica foi acionada e as circunstâncias do atropelamento serão investigadas.

(Rádio Integração de São Manuel)


TELEFONES COM CONTAS MAIS CARAS!!!




O ano começou com aumento no custo da telefonia em todo o país. Decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) determinou que as empresas de telefonia fixa e móvel recolham o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) sobre o valor da assinatura básica mensal. Os valores variam de acordo com o estado e o tipo de plano oferecido pelas operadoras. As empresas de telefonia que ainda não recolhiam o imposto estão comunicando aos clientes o reajuste dos planos.

De acordo com a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), não se trata de aumento de tarifa ou preço de serviços. Em nota, a agência reguladora esclarece que o reajuste dos planos básicos das concessionárias de telefonia ocorre anualmente e é homologado sem o acréscimo de impostos. O último reajuste aprovado pela Anatel foi em setembro de 2016.

O valor recolhido pelas operadoras com o imposto é repassado aos estados. A cobrança do ICMS é feita conforme regras definidas pelas secretarias de Fazenda estaduais, que definem a alíquota de ICMS que incidirá sobre os serviços de telecomunicações. Segundo o SindiTelebrasil, as prestadoras de telecomunicações apenas recolhem os tributos cobrados sobre os serviços e repassam integralmente aos cofres públicos.

“Nesse sentido, as prestadoras cumprem decisão da Justiça e dos governos estaduais, que definem as alíquotas a serem aplicadas. Cada prestadora está seguindo uma agenda adequada para informar aos clientes sobre a incidência do ICMS. Só no ano passado, foram recolhidos aos cofres estaduais R$ 34 bilhões de ICMS sobre serviços de telecomunicações”, diz a entidade em nota. De acordo com o SindiTelebrasil, a carga tributária do país é uma das maiores do mundo e representa cerca de 50% da conta dos serviços.

Segundo a Anatel, a cobrança do ICMS é obrigatória pelas empresas prestadoras de serviço de telecomunicações e o acréscimo é repassado aos consumidores, independentemente do plano adquirido.


STF

A questão chegou ao Supremo Tribunal Federal (STF) por meio de um recurso do governo do Rio Grande do Sul, que recorreu de decisão da Justiça gaúcha. No julgamento, o Tribunal de Justiça entendeu que o serviço de assinatura básica oferecido pelas operadoras aos consumidores não pode sofrer incidência do ICMS por tratar-se de um serviço complementar.

Por 7 votos a 2, seguindo voto do relator, ministro Teori Zavascki, o STF entendeu que a assinatura básica faz parte da prestação do serviço de telefonia e, dessa forma, o imposto deve ser cobrado.

Fonte: Agência Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não tema! Diga sua verdade... No final, é sempre ela que prevalece!!!

AS POSTAGENS MAIS ACESSADAS!!! PARA LER QUALQUER UMA DELAS, BASTA CLICAR NA MANCHETE DA NOTÍCIA!

Arquivo do blog

ATENÇÃO!

As matérias assinadas são de total responsabilidade de seus autores.