AQUI A VERDADE!

AQUI A VERDADE!

Sandro Dálio

Minha foto
São Manuel, São Paulo, Brazil
Radialista há 31 anos. Jornalista MTB 37.152 - Proprietário do Porão Stúdios - Foi Radialista na Rádio Clube de São Manuel e na Rádio Nova São Manuel - Graduado em Marketing - Ouvidor do Município de São Manuel - As matérias assinadas são de responsabilidade de seus autores.

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2016

MARCOS MONTI, MAIS UMA VEZ, É DENUNCIADO AO TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO! Dessa vez vai ter que responder por demolir um prédio de 500 mil reais sem dar satisfações ao povo!



Cumprindo o papel de cidadãos sãomanuelenses, mais do que Advogado e Jornalista, o Dr. Régis e eu, enviamos mais uma denúncia ao Tribunal de Contas do Estado de São Paulo, sede em Bauru, relatando o DESCASO, a IRRESPONSABILIDADE e a INCOMPETÊNCIA ADMINISTRATIVA com o dinheiro da população!!!

Após entregarmos um vasto material, incluindo imagens, contratos, lei municipal, etc ao Ministério Público, relatando a demolição de um prédio de 500 mil reais na entrada das Cohabs 1 e 2, o mesmo fizemos agora ao Tribunal de Contas, aguardando ansiosamente para que Marcos Monti e sua equipe de 'patetas' respondam por mais essa vergonha aos cofres municipais!



Na denúncia demonstramos a falta de responsabilidade do atual Prefeito que, no alto de sua redoma inquebrantável, ordenou que a obra de uma nova rodoviária fosse ao chão, somente para atender seus caprichos de 'mauricinho e vingador'...

Não realizou sequer uma audiência pública para discutir a questão. Simplesmente mandou pro LIXO 500 mil reais daqueles que arduamente pagam seus impostos, sem ter, no entanto, garantias de que vai conseguir terminar a nova obra... UM ABSURDO GIGANTESCO!

O Prefeito, auxiliado pelos 'melhores', violou a Lei Municipal nº 875/2011. Essa Lei exige a realização de audiência pública trimestrais, com a presença de Diretores Municipais(nesse caso da Educação e de Obras), para dar conhecimento à população, dos relatórios financeiros e operacionais dos recursos destinados às Diretorias e sua aplicação.

Então, para quê criar Leis? Se não for para segui-las e aplicá-las, respondam-se: para quê cria-las? Para enfeitar estantes repletas de teias de aranha e mofo?

Se as autoridades(no caso o Prefeito) não as seguem, dando o exemplo de civismo e respeito ao erário público, para quê perder tempo em sancioná-las???

Agora, com a palavra, a JUSTIÇA... que pode até demorar. Mas que um dia se pronunciará com todas as leis e suas consequências...

QUEM VIVER... VERÁ!


POLÍCIA CIVIL DE SÃO MANUEL PRENDE SUSPEITO DE ROUBO A POSTO BANCÁRIO DA CIDADE E DE OUTROS ROUBOS TAMBÉM!!!




Os Policiais Civis de São Manuel, André, Guiari e Bola, após investigação, deslocaram-se até a cidade de Monte Mor, em Campinas, onde conseguiram prender Juliano Ferreira de Almeida, de 31 anos.

O autor tem várias passagem pelos artigos: 121 e 180.
Ele praticou 4 roubos e duas  tentativas em residências em São Manuel.

O último roubo em São Manuel foi no Posto de Atendimento da Caixa Econômica Federal no centro, em frente à Igreja Matriz:



Segundo o boletim de ocorrência, Juliano, em companhia de outros bandidos armados, invadiram o posto de atendimento e roubaram dinheiro e celulares de todos os que estavam no local!

No total foram levados mais de R$ 20 mil reais!!!
Joias furtadas de uma residência foram recuperadas.



Ainda, segundo informações, o autor confessou que iria fazer outro roubo na cidade de Areiópolis.

Segundo levantamento feito pelo Blog, uma das vítimas, que teve sua residência furtada no centro da cidade de São Manuel, esteve na Delegacia ontem a noite para fazer o reconhecimento.

Espera-se agora que ele responda por todo o mal que praticou, pois, não foram só coisas materiais que furtou das pessoas. Em muitos casos, furtou-lhes a tranquilidade, a paz e, principalmente, a segurança!

2 comentários:

Não tema! Diga sua verdade... No final, é sempre ela que prevalece!!!

AS POSTAGENS MAIS ACESSADAS!!! PARA LER QUALQUER UMA DELAS, BASTA CLICAR NA MANCHETE DA NOTÍCIA!

Arquivo do blog

ATENÇÃO!

As matérias assinadas são de total responsabilidade de seus autores.